Conferencia 7: «O papel de Olivença na candidatura das Fortalezas Abaluartadas da Raia (F.A.R.) de Portugal e Espanha a Património Mundial».

Rui Ramos Loza

Olivença, ao mesmo tempo património de Portugal e de Espanha, não é apenas um sítio mais na candidatura faz F.A.R. a património da lista da UNESCO.
Enquanto sítio multicultural, transnacional, Olivença é indispensável ao sucesso da candidatura como Raia de paz entre portugueses e espanhóis.
No quadro de uma candidatura transnacional, aberta e em série, elegendo alguns sítios determinantes entre os 68 bens abaluartados da Raia, Olivença será um dos mais fortes argumentos perante a UNESCO.
Preservada e cuidada, bem gerida, somando todas as épocas da construção da Raia desde o tratado de Alcanices, Olivença pode aspirar a ser a “capital” da candidatura das F.A.R.

Deja un comentario